O que é no-code e como isso vai mudar a sua vida

No começo do ano fizemos uma mudança bem importante aqui na Marte: abandonamos completamente o antigo site em Wordpress. Uma série de problemas como falta de segurança, lentidão e pouca versatilidade estavam se tornando cada vez mais insustentáveis. Sem falar nos muitos meses em que nossa conta no Google Ads permaneceu bloqueada por malwares no site.

Bem… Adeus Wordpress, foi bom enquanto durou!

Erros e gambiarras do Wordpress, Adeus!

Mas por que estou falando disso? Toda essa mudança abriu nossos olhos para uma nova forma de construir a arquitetura digital da Marte. A partir do Webflow, plataforma na qual foi construído o novo site, começamos a plugar diversos serviços web para otimizar nosso trabalho de Design, Marketing e Vendas.

Como responsável pela área de Tecnologia na Marte, tenho certeza que transições como essa vem ocorrendo a nível global para atender demandas latentes de negócios, sejam eles grandes ou pequenos. Como certa vez ouvi: “Todo sintoma gera um mercado”.

Nesse sentido, não é surpresa pra ninguém que há um intenso movimento em aproximar o “design” do “desenvolvimento”. A cada dia, novas e interessantes ferramentas tem surgido para tentar preencher esse gap.

Olá, futuro! Interface do Webflow

Um dos conceitos mais interessantes surgidos recentemente é o No-Code/Low-Code: uma evolução dos métodos de programação visual com infinitas utilidades. Hoje, serviços baseados nesse paradigma desempenham um papel cada vez mais importante em processos de Transformação Digital e gestão de produtividade pessoal.

Exemplo melhor não existe: construir em No-code é bem parecido com brincar de Lego.

Onde o No-code é aplicado hoje?

Pra falar a verdade, esse conceito sempre esteve por aí: se hoje podemos manipular janelas e elementos visuais em uma tela ao invés de escrever linhas de comando ou sequências infinitas de 0 e 1, é graças a uma “abordagem No-code”.

Entretanto, o termo em si é relativamente novo, referindo-se hoje à uma classe bastante diversificada de ferramentas digitais que permitem realizar tarefas até então impossíveis sem a ajuda de webdesigners, programadores, profissionais de TI ou cientistas de dados.

Já imaginou testar inteligência artificial para um app sem precisar programar? Não deixe de conferir o Lobe.

Em linhas gerais: ferramentas No-code permitem construir sites, integrações e processos com pouco ou nenhum esforço de programação. Interessante, né? Se por um lado nosso mundo é cada vez mais regido pelo código, por outro é cada vez mais comum que não seja necessário entendê-lo para fazer o mundo digital trabalhar a seu favor.

Por que “desenhar” em No-code?

Parte do meu interesse pelo no-code é a democratização de possibilidades que, até então, só eram possíveis com a ajuda de uma equipe robusta e altamente especializada de TI.

O No-code acelera os ciclos de desenvolvimento, teste e validação ao colocar na mão de qualquer um o poder da programação. Não sei o que você achou, mas a ideia já me parece incrível!

Um dos tipos mais legais e úteis de ferramenta No-code são os Automatizadores. Através deles, é possível criar “robôs” para realizar tarefas do dia-a-dia, criando comandos e cadeias de tarefas condicionais sem precisar escrever uma linha de código.

Interface do IFTTT, um dos automatizadores No-code mais simples de usar.
  • Quer receber um SMS todas às vezes em que for chover para te lembrar de levar o guarda-chuvas?
  • Quer salvar todas as músicas curtidas do Spotify em uma planilha?
  • Quer enviar mensagens para pessoas de confiança toda as vezes que pegar um Uber?
  • Quer salvar todos os anexos recebidos por email em uma pasta do seu computador?
  • Quer automatizar o processo de onboarding do seu funcionário?
  • Quer construir um processo completo de cadastro e atendimento em sua empresa?

Outras plataformas No-code permitem, por exemplo, construir sites de alta qualidade com total controle e até mesmo aplicativos totalmente funcionais sem uma linha de código sequer. Ao falarmos de No-code, o céu é o limite!

Onde o No-code é aplicado na Marte?

Aqui na Marte, automatizadores como o Zapier funcionam de forma autônoma, realizando cadastros de clientes simultaneamente em diversas plataformas e endereçando contatos de formulários do site para os lugares corretos.

Softwares de prototipação como o Adobe XD, Figma e Sketch nos ajudam a simular os fluxos de navegação em apps e sites que criamos para nossos clientes.

Prototipação No-code no Sketch: Mais fácil impossível

Ferramentas como o Webflow permitem criar e evoluir nossa presença na web de forma super rápida e com alta qualidade.

Site da Marte na interface do Webflow

Por onde começar?

Se você está lutando com tarefas altamente mecânicas no dia-a-dia, vale à pena testar um serviço como o Zapier. Prometo que você não precisa entender de tecnologia para criar sua primeira tarefa automatizada!

Ainda não sabe por onde começar? Aí vai minha dica: Planilhas! Aposto que você tem algumas aí que poderiam ser preenchidas automaticamente, não é mesmo?

Seja para automatizar o preenchimento de documentos com dados recebidos de outros lugares, cadastrar novos clientes em múltiplas plataformas simultaneamente, realizar postagens automáticas em mídias sociais ou criar sites e aplicativos, começar a estruturar suas tarefas pelo No-Code é uma verdadeira mudança!

Algumas (das milhares) de integrações possíveis com o Zapier

E o que o design tem a ver com tudo isso?

Em muitas profissões, é fácil se acostumar com o jeito que as coisas são (In)felizmente, esse é um comportamento que nós, como designers, não podemos nos dar ao luxo. Aqui na Marte estamos sempre procurando novas formas de otimizar as “formas de fazer”.

Como você deve imaginar, moldar ferramentas digitais para atender demandas de negócio não é tarefa simples. Ou pelo menos não era… Até agora!

Um workflow de auditoria 100% funcional criado no Tonkean

O No-code torna possível migrar muitos dos recursos humanos e financeiros dedicados exclusivamente à TI e Suporte para times voltados a uma visão mais holística da Experiência do usuário, Produtos e Processos.

Para fazer essa transição, o mais importante é manter o espírito inventivo e ter em mente que hoje existem soluções mais simples para qualquer coisa que você conseguir imaginar.

Ah, e se você ainda precisa de ajuda para desenhar os processos da sua empresa de forma colaborativa e eficiente, conte com a ajuda da Marte!

Como presente pra você, uma série de ferramentas para mudar sua forma de trabalhar; começando agora!

IFTTT: Um automatizador super carismático mais voltado à tarefas pessoais. O IFTTT permite criar integrações super inusitadas como “fazer as luzes piscarem quando a pizza chegar”.

Zapier: Já falei um pouquinho sobre ele ali em cima. Você vai se surpreender com a abrangência desse automador. O Zapier permite quase qualquer integração que você puder imaginar.

Webflow: Meus colegas aqui da Marte vão me matar se eu falar novamente em Webflow. E se eu sumir misteriosamente, vocês já sabem quem foram os responsáveis. Brincadeiras à parte, sou um verdadeiro evangelista dessa plataforma por aqui. O Webflow é o responsável por acelerar drasticamente os desenvolvimentos em nosso site e nos permitir um gerenciamento de conteúdo rápido e democrático.

Bubble: Com o Bubble, você pode criar desde páginas web até aplicativos sem nenhum ou pouquíssimo esforço de programação. É uma ferramenta que vem despontando como uma das melhores no segmento. É tão completa que é possível até criar plataformas como Airbnb e Facebook.

Framer: Um construtor de páginas web e aplicativos com alta qualidade de prototipagem. Com o Framer, é possível criar até animações e microinterações sem código.

Mailchimp: O Mailchimp é um CRM (Gestor de relacionamento com o cliente) que permite a criação de campanhas de Marketing personalizadas. Eu não colocaria o Mailchimp nessa lista não fosse por uma nova funcionalidade chamada “Automations”. Através dela, você pode criar uma jornada customizada de relacionamento com o cliente, programando gatilhos e ações voltados à interação com clientes de Marketing.

Tonkean: A proposta do Tonkean é mapear e automatizar processos complexos de Negócios. Quer automatizar o onboarding de funcionários, otimizar os gerenciamento de novos Leads ou direcionar documentos de compras para as áreas corretas? O Tonkean permite criar mapas automatizados pra tudo isso e muito mais.

Landbot: O Landbot é um dos melhores construtores de chatbots que existem por aí. Com ele, é possível criar os fluxos conversacionais de forma totalmente visual e intuitiva para plugar rapidamente no seu site e ajudar na comunicação com o cliente.

Parabola: O Parabola foca em automatizar tarefas repetitivas relacionadas ao gerenciamento de dados. Possui integrações bastante úteis com o Facebook, Shopify, Airtable, Google Analytics, Magento etc.

Adalo: Que tal criar um app personalizado para seu negócio? Com o Adalo é mais fácil passar do protótipo para apps totalmente funcionais em tempo recorde.

Uma listinha ainda mais extensa:

Web

Mobile

Teste

Automação

Planilhas

Apps de Voz

Super Documentos

Ciência de Dados

Realidade Aumentada / 3D

Monetização

Games

Raffael Costa

Sócio-fundador da Marte, Raffael é um designer multidisciplinar atuando nos campos físico e digital. Graduado em Design pela Escola Superior de Desenho Industrial (ESDI/UERJ), também tem passagem pela Hochschule für Gestaltung Offenbach, Alemanha. Em sua carreira, já desenvolveu projetos em parceria de empresas como Hyundai, BASF, Evonik, Johnson & Johnson, L'Oréal e Ambev. É apaixonado por fotografia e está sempre com uma câmera velha na mão.

Receba novidades marcianas diretamente em seu email

Junte-se a mais de 2000 inscritos! E não se preocupe, somos aderentes à LGPD.